Terça-feira, 8 de Fevereiro de 2011

TEXTOS

Olá! Então, hoje vou postar um texto da minha amiga e terapeuta holística Nanda Botelho, que alimenta o blog Múltiplas Realidades. O texto é pequeno, mas passa uma boa mensagem. Acredito que exitem muitas mulheres em situação semelhante a proposta do texto, e ler, trocar ideias, conversar torna-se uma forma agradável de entender e driblar isso. Boa Leitura!

 

PROGRAMAÇÃO DA MENTE FEMININA

 

Observando a história das mulheres ao longo da civilização humana, percebi que fomos programadas com a idéia que dependemos dos homens para viver. E não estou falando da interdependência natural entre pessoas. Refiro-me a sensação de desamparo de uma mulher sem um homem.

Há algumas décadas atrás uma mulher não podia fazer a compra de uma casa sem a autorização do marido, e não estou falando de acordo nupcial, não. Nos livros de Jane Austen que retrata o século XVIII, sobreviver sem marido era quase impossível para uma mulher, inclusive sua herança era tomada pelo parente masculino mais próximo.

 

Estamos presas mentalmente numa programação milenar. E ainda vamos levar alguns séculos para sermos livres de fato.

Então pensamos: Ufa! Ainda bem que isso é passado! Hoje as mulheres trabalham, são chefes de família e se viram muito bem sozinhas... Mas eu escuto a intimidade dessas mulheres e elas não estão tão bem assim. A programação está lá. Elas são dependentes da figura masculina a ponto de sofrer quando estão solteiras e sofrer dobrado na não companhia de maridos desatentos. Porém a máxima “antes só do que mal acompanhado” não figura aqui. Inconscientemente elas preferem ficar mal acompanhadas do que concretamente só. Digo concretamente, porque mesmo com maridos elas se sentem sozinhas, desacompanhadas, desvalorizadas, mas não conseguem se desligar daquele parceiro tem medo de ficarem sós, de não serem mais “amadas” por ninguém. E desconfio que tenham medo de se sentirem incompetentes como fêmeas, já que perderam o macho, não “souberam segurá-los” (aponto de Elizabeth Hurley perder uma campanha publicitária quando Hugh Grant foi pego com Divine Brown)

Estamos presas mentalmente numa programação milenar. E ainda vamos levar alguns séculos para sermos livres de fato. Estamos caminhando, mas precisamos prestar mais atenção em nossas dores e comportamentos. Ainda fingimos que somos donas da situação. Não penso que isso é totalmente verdade, não somos donas de nossas vidas, mas estamos recuperando, gradualmente, esta posição. E o primeiro passo para um avanço real, acho, é admitir nossa dependência programada dos homens.


 

Fonte: Blog Múltiplas Realidades.Programação da mente feminina. Por: Fernanda Botelho. Disponível em: http://multiplasrealidades.blogspot.com/2010/06/programacao-da-mente-feminina.html

tags:
publicado por Lays Anorina - Ofícios do Lar às 18:27

link do post | comentar | favorito
|

.Atualmente membro da sociedade paraibana,formada em turismo,estudante,artesã,dona de casa,esposa,mãe adotiva de filhotes São Bernardo.Apaixonada pela cultura francesa,Lays Anorina é mais uma blogueira,que pretende trocar conhecimentos do lar

.pesquisar

 

.posts recentes

. DICAS DA SEMANA

. GELADEIRA SEM MUITO GASTO

. DICAS DA SEMANA

. ESPECIAL: RECEBER

. ESPECIAL: RECEBER

. Bonjour!

. Livros Sugeridos

. CURIOSIDADE + CULTURA = C...

. LEVANDO SEU CÃO PARA UM P...

. DICAS DA SEMANA

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.arquivos

. Agosto 2012

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

.tags

. todas as tags

.Visitas


Contador site

.No momento

blogs SAPO

.subscrever feeds