Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011

TEXTOS

Escolhi esse texto para essa semana, inicialmente por que achei muito bom, segundo por ter identificação com o que foi escrito, parece que escreveram especialmente para mim. Acredito que muitas outras mulheres também tenham identificação semelhante. Gosto da forma como se coloca a dona de casa nos dias atuais. Será que a luta das mulheres em anos passados fora em vão, uma vez em que aumenta hoje o número de mulheres conhecidas como “do lar”? Para mim não foi, pois pela luta das mulheres antigas, é que a mulher de hoje tem seu valor, dever e benefício reconhecido aos poucos pela sociedade. Podendo fazer suas escolhas mais livremente, estando em casa por opção e não apenas pela tradição e condição que era  imposta.  Boa leitura!

Au revoir!

 

Lays Anorina - O f í c i o s   d o   L a r

 

Ser dona de casa não é falta de escolha

'Agora trata-se de um movimento renovado, pois não existe mais submissão feminina', diz pesquisadora

Segundo a psicóloga e pesquisadora Cecília Russo Troiano, autora do livro "Vida de Equilibrista - Dores e Delícias da Mãe que Trabalha"(Editora Cultrix), ao contrário de antigamente, esse retorno ao lar é uma opção, e não mais uma falta de escolha. "Agora trata-se de um movimento renovado, pois não existe mais submissão feminina", argumenta. "Antes não era uma escolha, mas sim uma resolução compulsória, o caminho tradicional a ser seguido. Além disso, as mulheres se deparavam com a falta de qualificação profissional e com um mercado que restringia o acesso feminino." 

Essa escolha, porém, é motivo para muito estranhamento hoje. A dona de casa Luciane Trapp causou polêmica quando escreveu no blog Mamíferas sobre seu encantamento pela vida do lar. Com dois rebentos, ela abdicou até de serviços de faxineira para assumir as tarefas domésticas. "Não há dinheiro, carreira ou prestígio que pague o que estou vivendo. Conforto, coisas materiais, tenho a vida inteira para conquistar, mas acompanhar os filhos pequenos é uma oportunidade única na vida!"

“Amadureci como mulher, ajudei a reorganizar as finanças da família, e minha casa ficou mais arrumada, pois antes era uma bagunça.”


Após tais afirmações, choveram críticas, pois as mães que continuam batendo ponto em uma empresa sentiram-se ofendidas, achando que a ex-modelo e ex-empresária estava criticando quem não havia feito o mesmo que ela. "Fiquei chateada no começo, pois apenas contei como me sinto realizada com a minha vida atual", explica Luciane, que dispensou o brilho dos holofotes de sua carreira de modelo para assumir o papel de "mãe em período integral". 

Enquanto muitas seguem esse caminho logo na primeira experiência de maternidade, Luciane só resolveu jogar tudo para cima depois de sua segunda gravidez. Quando não estava na escolinha, aos 6 meses de idade, sua primogênita acompanhava a mãe durante as visitas a clientes. A vida de Luciane era tão corrida que a pequena Gabriela largou o peito e foi para mamadeira com 6 meses. Diferentemente das outras entrevistadas - marinheiras de primeira viagem, que estão se adaptando ainda à rotina doméstica, algumas contando com a ajuda de empregada ou faxineira -, Luciane faz absolutamente tudo em casa. Garante que, depois que assumiu as rédeas do lar, muita coisa mudou para melhor: - Amadureci como mulher, ajudei a reorganizar as finanças da família, e minha casa ficou mais arrumada, pois antes era uma bagunça. A qualidade da alimentação de todos melhorou radicalmente a ponto de estar mais magra e mais rejuvenescida. Meus filhos estão mais amáveis e tranquilos, não ando mais estressada como antes. Agora estou sempre de bem com a vida e até o sexo com o marido melhorou. Sou amélia, caxias com as obrigações do lar e gosto de cozinhar!

 

Fonte: Disponível em: http://www.bemparana.com.br/index.php?n=113501&t=ser-dona-de-casa-nao-e-falta-de-escolha

 

tags:
publicado por Lays Anorina - Ofícios do Lar às 19:21

link do post | comentar | favorito
|

.Atualmente membro da sociedade paraibana,formada em turismo,estudante,artesã,dona de casa,esposa,mãe adotiva de filhotes São Bernardo.Apaixonada pela cultura francesa,Lays Anorina é mais uma blogueira,que pretende trocar conhecimentos do lar

.pesquisar

 

.posts recentes

. DICAS DA SEMANA

. GELADEIRA SEM MUITO GASTO

. DICAS DA SEMANA

. ESPECIAL: RECEBER

. ESPECIAL: RECEBER

. Bonjour!

. Livros Sugeridos

. CURIOSIDADE + CULTURA = C...

. LEVANDO SEU CÃO PARA UM P...

. DICAS DA SEMANA

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.arquivos

. Agosto 2012

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

.tags

. todas as tags

.Visitas


Contador site

.No momento

blogs SAPO

.subscrever feeds